Logos e retrospectiva

Antes de começar a focar total no presente-barra-futuro (e nesses 12 meses que me aguardam), pensei um pouco na retrospectiva 2020 e quis trazer um pouco disso aqui. Comida vegetariana, terapias holísticas, yoga… esses foram alguns dos temas das Identidades Visuais que criei ano passado para as minhas clientes – e que você pode ver refletidos nestes logos.

Um logo simples é mais simples de lembrar. Esse é o superpoder da simplicidade – fazer com que algo se grave mais facilmente na nossa cabeça. E é isso o que queremos com as nossas marcas: que sejam vistas, reconhecidas, lembradas, sugeridas a mais pessoas.

A complexidade está em encontrar o caminho do meio, entre o simples e o simplista. Quanto mais informação você coloca num logo, mais interessante ele pode ficar mas também mais fácil é das pessoas esquecerem como era mesmo que aquele logo era feito.

Mas um logo não trabalha sozinho, tem uma porção de elementos que estão aí pra ajudar a afirmar a cara dessa marca. Cores, tipografia, ícones, ilustrações, texturas, fotografias, tudo isso pode comunicar um ou mais aspectos da marca, para que o logo não tenha que (e acho que nem conseguiria) carregar tudo sozinho. Tem marcas que vão além e trazem esses aspectos para os seus espaços, com fragrâncias, mobiliário, organização do ambiente.. é como sair um pouco do campo do design gráfico e entrar no do design de interiores, fazendo com que conversem entre si. Tudo para que a marca possa comunicar a sua essência a partir das mais variadas formas – tipo uma pessoa!

Você não tem um perfume com a sua cara, um espaço (sua casa, quarto ou seu local de trabalho), um linguajar, um ciclo de amizades… a marca também pode ter e as maiores, tem.

Por que nem toda a marca é assim completa, então? Pensar uma marca que está viva e fazer acontecer – a cada dia – exige tempo, conhecimento em um montão de áreas (dentro e fora do design) e, não podia faltar no nosso mundo capitalista, dinheiro – um montão de dinheiro pra investir nisso tudo aí.

Mas, bom, com menos investimento também dá pra fazer bastante coisa. Vamos nos concentrar nisso agora, no que podemos fazer a curto e médio prazo. Assim, os tempos que ainda estão por vir começarão a ganhar alguma garantia de colheita. E tudo vai ir tomando o seu rumo. Parece um bom plano. Bora lá, bora começar. E o começo começa com um logo!

Publicado por elisasmania

É designer e criadora do EASdesign.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: